Rádio  Cidade de Jaraguá-GO
  • (62)9 8550-7232


    AO VIVO

    JESUS ESTA VIVO


    NOTÍCIAS


    Corpo de japonesa achado em terreno da Casa Dom Inácio é liberado do IML, mas aguarda documentos para retirada

    Corpo de japonesa achado em terreno da Casa Dom Inácio é liberado do IML, mas aguarda documentos para retirada

    O corpo da japonesa Hitomi Akamatsu, de 43 anos, achado na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal, já foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis, a 36 km de distância. No entanto, de acordo com a Polícia Técnico-Científica, ainda não foi retirado até a manhã desta quarta-feira (18) devido à necessidade de alguns documentos.

    Um jovem de 18 anos foi preso e, segundo a Polícia Civil, confessou ter assaltado e matado a estrangeira. Até a publicação desta reportagem, ele ainda não havia apresentado advogado.

    A identificação de Hitomi foi feita por meio das impressões digitais. Ainda de acordo com a Polícia Técnico-Científica, a Embaixada do Japão no Brasil está acompanhando os trâmites e solicitaram - e ainda aguardam - uma procuração da família dela, no país asiático, para retirar o corpo.

    Em nota, a Embaixada do Japão no Brasil informou que foi notificada sobre a morte, que colhe informações sobre o caso e "está tomando tomando as medidas necessárias para cooperar com a polícia e auxiliar na comunicação com as pessoas relacionadas à vítima".

    O corpo foi localizado na segunda-feira (16)escondido entre pedras e terra, a cerca de dez metros de uma cachoeira que fica na propriedade. Segundo a Polícia Civil, a vítima fazia tratamento no local há dois anos.

    Fonte: G1 GOIÁS